Monday, 9 June 2008

Fonógrafo - Martina Topley Bird

"The Blue God" by Martina Topley Bird
(May 13, 2008 - Phantom Sound & Vision)

Numa altura em que já se começa a falar do novo lançamento de Tricky a 7 de Julho, “Knowle West Boy” (diz-se que desta vez vale mesmo a pena e a julgar pelo material adiantado no MySpace advinha-se que sim – espera-se então que desta seja mesmo verdade pois isso já se diz desde “Angels With Dirty Faces”, o último grande registo do autor que data de 1998), pode-se entretanto prestar atenção a uma das vozes responsáveis pelos momentos altos da sua carreira visto que lançou álbum novo no passado mês de Maio. Falamos, claro está, da brilhante Martina Topley Bird.
Antes de mais afirma-se que o álbum é muito bom. No entanto tal como em “Quixotic”, 2003, este albúm também peca pela produção musical (o que não quer dizer que o torna desinteressante). Se bem que a esse nível existem momentos mais bem conseguidos do que outros, como em “Phoenix”, “April Grove” ou na magnífica “Poison”, parece de facto existir alguma dificuldade em acompanhar o talento vocal de Martina por muito boas que sejam as intenções de Danger Mouse. É estranho... No álbum anterior a vocalista tinha também feito rodear-se de outros talentos (com provas já dadas disso), como David Holmes ou Josh Homme, no entanto nenhum deles atingiu a densidade musical necessária para homogeneizar voz e música como Tricky conseguiu. Seja como for não deixa de ser de todo um álbum equilibrado, com a temática em torno de laços emocionais e da distância física entre as pessoas envolvidas, onde o talento melódico da voz de Martina acaba por assumir sempre o protagonismo e nem que seja só por isso torna “The Blue God” um disco relevante.



"Poison" (live @ Later with Jools Holland)

1 comment:

naturline said...

Parabéns pelo seu blog e postar suas fotos fantásticas que eu gostava muito de perder o seu blog. muito obrigado.
Receba uma saudação cordial.
Peço desculpas pela publicidade.